domingo, agosto 05, 2007

Pimenta

Luto.
Os meus pés resvalam sobre a areia seca que nos separa.


Tenho a força de um batalhão empurrando-me para trás...
Mil homens que me agarram as mãos e os tornozelos,
que me cercam o corpo e o apertam,
apartando-me de ti.

Em vão, os meus olhos vão te tocando,
pedindo-te que flutues por sobre todo este arsenal.
Mas bem sei que não podes fazê-lo.
Nem tão-pouco eu lhe deveria resistir. Não por enquanto...
Estou certo que da sua derrota conquistaríamos apenas a nossa morte.

Cerro os olhos. Respiro o pó levantado por pés pesados que me rodeiam.
Sinto mãos bárbaras asfixiando-me... cada vez mais fortes.


O momento chegará. Calma.


1 Sensações:

Anonymous katya sentiu...

adoro a tua escrita...!
e parabens, gosto do teu blog!
beijinho

12 agosto, 2007 20:07  

Enviar um comentário

<< Regressar à Nascente